Capa do Livro Possuídos Crimes Hipnóticos Ficção Corporativa e a Invenção do Cinema - Stefan Andriopoulos

Possuídos Crimes Hipnóticos Ficção Corporativa e a Invenção do Cinema - Stefan Andriopoulos

534 palavras · 3 minutos tempo de leitura Ficção Científica e Fantasia Artes Literatura Estrangeira

Ei! Você também adora ler sempre que pode? Descubra o poder do Kindle!

Possuídos: Crimes Hipnóticos, Ficção Corporativa e a Invenção do Cinema

Por Stefan Andriopoulos

Sinopse

Em Possuídos, Stefan Andriopoulos conta a história da hipnose e do cinema, duas tecnologias que surgiram no século XIX e tiveram um profundo impacto na sociedade. Andriopoulos argumenta que a hipnose e o cinema são tecnologias de possessão, que permitem que as pessoas sejam controladas por forças externas. Ele também mostra como essas tecnologias foram usadas para criar uma nova forma de ficção corporativa, que é baseada na ideia de que as pessoas são controladas por forças ocultas.

A Hipnose

A hipnose é um estado de transe em que a pessoa está relaxada e receptiva a sugestões. A hipnose foi descoberta no século XVIII pelo médico Franz Mesmer, que acreditava que a hipnose era causada por um fluido magnético que fluía entre o hipnotizador e o sujeito.

No século XIX, a hipnose foi usada para tratar uma variedade de doenças, incluindo histeria, dor e alcoolismo. A hipnose também foi usada para fins de entretenimento, como em shows de hipnotismo.

O Cinema

O cinema é uma forma de arte que usa imagens em movimento para contar histórias. O cinema foi inventado no século XIX pelos irmãos Lumière, que projetaram o primeiro filme em 1895.

O cinema rapidamente se tornou uma forma de entretenimento popular, e foi usado para contar histórias de todos os gêneros, desde comédias até dramas e filmes de terror. O cinema também foi usado para fins educacionais e propagandísticos.

A Ficção Corporativa

A ficção corporativa é um gênero de ficção que se passa no mundo dos negócios. A ficção corporativa geralmente retrata as pessoas como sendo controladas por forças ocultas, como a ganância, o poder e a corrupção.

A ficção corporativa é um gênero popular, e inclui obras como "O Poderoso Chefão", "Wall Street" e "O Lobo de Wall Street".

A Possessão

Andriopoulos argumenta que a hipnose e o cinema são tecnologias de possessão, que permitem que as pessoas sejam controladas por forças externas. Ele também mostra como essas tecnologias foram usadas para criar uma nova forma de ficção corporativa, que é baseada na ideia de que as pessoas são controladas por forças ocultas.

Andriopoulos conclui que a hipnose e o cinema são tecnologias poderosas que podem ser usadas para o bem ou para o mal. Ele alerta para os perigos dessas tecnologias e pede que as pessoas sejam críticas em relação às mensagens que elas recebem.

Sobre o Autor

Stefan Andriopoulos é professor de estudos de mídia na Universidade de Sydney. Ele é autor de vários livros, incluindo "Possuídos: Crimes Hipnóticos, Ficção Corporativa e a Invenção do Cinema" e "A Máquina de Sonhos: Uma História do Cinema".

Conclusão

Possuídos é um livro fascinante que conta a história da hipnose e do cinema, duas tecnologias que tiveram um profundo impacto na sociedade. Andriopoulos argumenta que a hipnose e o cinema são tecnologias de possessão, que permitem que as pessoas sejam controladas por forças externas. Ele também mostra como essas tecnologias foram usadas para criar uma nova forma de ficção corporativa, que é baseada na ideia de que as pessoas são controladas por forças ocultas.

Possuídos é um livro essencial para qualquer pessoa interessada em mídia, cultura e sociedade.

Você pode buscar seu livro direto na Amazon clicando aqui.

Melhores preços na Amazon

Compre agora na Amazon com os melhores preços