Capa do Livro O Manifesto Comunista - Karl Marx e Friedrich Engels

O Manifesto Comunista - Karl Marx e Friedrich Engels

538 palavras · 3 minutos tempo de leitura Ciências Exatas/Engenharia e tecnologia Direito

Ei! Você também adora ler sempre que pode? Descubra o poder do Kindle!

O Manifesto Comunista é uma obra clássica que tem sido fundamental para a compreensão de um dos movimentos políticos mais importantes do século XX. Escrito por Karl Marx e Friedrich Engels em 1848, este livro é uma introdução ao comunismo, uma filosofia política que defende a igualdade econômica e social.

Neste livro, Marx e Engels descrevem a história da luta de classes desde a antiguidade até os dias atuais, argumentando que a sociedade humana sempre foi dividida em duas classes: a classe dominante e a classe oprimida. Eles explicam como o capitalismo explorou a classe trabalhadora e como o comunismo pode ser a solução para essa opressão.

O Manifesto Comunista é uma obra que tem sido muito debatida e criticada ao longo dos anos. Algumas pessoas acreditam que o comunismo é uma ideologia utópica e impraticável, enquanto outros defendem que é a única maneira de alcançar a igualdade social.

Se você está interessado em política e filosofia, este livro é uma leitura essencial. Aqui estão alguns dos principais pontos do Manifesto Comunista:

A História da Luta de Classes Marx e Engels argumentam que a história da humanidade é a história da luta de classes. Desde a antiguidade, a sociedade sempre foi dividida em duas classes: a classe dominante e a classe oprimida. Na Idade Média, a nobreza era a classe dominante e os camponeses eram a classe oprimida. Com a Revolução Industrial, surgiu uma nova classe dominante: a burguesia.

A Exploração do Trabalho Marx e Engels explicam como o capitalismo explorou a classe trabalhadora. Eles argumentam que os trabalhadores são forçados a vender sua força de trabalho por um salário, enquanto os donos dos meios de produção (fábricas, terras, etc.) lucram com o trabalho desses trabalhadores. Eles chamam isso de "mais-valia", que é o valor adicionado ao produto final pelo trabalho dos trabalhadores, mas que não é pago a eles.

A Revolução Proletária Marx e Engels acreditam que a única maneira de acabar com a opressão da classe trabalhadora é através de uma revolução proletária. Eles defendem que os trabalhadores devem se unir para derrubar a burguesia e assumir o controle dos meios de produção. Isso levaria a uma sociedade sem classes, onde todos os trabalhadores teriam acesso aos bens e serviços que produzem.

A Abolição da Propriedade Privada Uma das principais propostas do comunismo é a abolição da propriedade privada. Marx e Engels argumentam que a propriedade privada é a causa da desigualdade social e da exploração da classe trabalhadora. Eles defendem que todos os bens e serviços devem ser coletivamente controlados pelos trabalhadores, para que possam ser distribuídos igualmente.

A Internacional Comunista O Manifesto Comunista termina com um apelo à união dos trabalhadores em todo o mundo. Marx e Engels defendem a formação de uma Internacional Comunista, uma organização que uniria os trabalhadores de todos os países em torno da luta contra o capitalismo e pela construção de uma sociedade comunista.

Conclusão O Manifesto Comunista é uma obra que tem sido fundamental para a compreensão do comunismo e da luta de classes. Embora tenha sido escrito há mais de 170 anos, muitos de seus argumentos ainda são relevantes hoje em dia. Se você está interessado em política e filosofia, este livro é uma leitura essencial.

Você pode buscar seu livro direto na Amazon clicando aqui.

Melhores preços na Amazon

Compre agora na Amazon com os melhores preços