Capa do Livro Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado

Formação Econômica do Brasil - Celso Furtado

463 palavras · 3 minutos tempo de leitura Geografia e História

Ei! Você também adora ler sempre que pode? Descubra o poder do Kindle!

Se você é um leitor que se interessa por história e economia, certamente deve conhecer o livro "Formação Econômica do Brasil", de Celso Furtado. Publicado originalmente em 1959, essa obra é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira sobre economia e política.

Neste livro, Furtado apresenta uma análise crítica e aprofundada da formação econômica do Brasil, desde o período colonial até os anos 1950. Com uma linguagem clara e acessível, o autor descreve as principais características da economia brasileira ao longo dos séculos, mostrando como ela foi influenciada por fatores sociais, políticos e culturais.

Ao longo das suas 562 páginas, "Formação Econômica do Brasil" é dividido em três partes: “A Época Colonial”, “O Período de Transição” e “A Época Industrial”. Cada uma dessas partes é subdividida em capítulos que abordam temas específicos, como a produção agrícola, o comércio, a escravidão, a urbanização, entre outros.

Na primeira parte, "A Época Colonial", Furtado apresenta uma visão geral da economia brasileira durante o período colonial, destacando a importância da agricultura de subsistência e da exploração do pau-brasil e do açúcar. O autor também discute a formação da sociedade colonial, marcada pela escravidão e pela concentração de terras nas mãos dos grandes proprietários.

Na segunda parte, "O Período de Transição", Furtado analisa as mudanças ocorridas na economia brasileira durante o século XIX, com o fim do sistema colonial e a abertura dos portos brasileiros. O autor destaca a importância da produção cafeeira e da imigração europeia nesse período, além de discutir as transformações sociais e políticas que ocorreram no Brasil.

Na terceira e última parte, "A Época Industrial", Furtado apresenta uma análise da industrialização brasileira, destacando as características do processo de substituição de importações e a formação de um mercado interno. O autor também discute os desafios enfrentados pela economia brasileira na década de 1950, como a inflação e a dependência do capital estrangeiro.

Ao longo do livro, Furtado utiliza diversas fontes para embasar suas análises, como relatórios governamentais, estatísticas econômicas e obras de outros autores. Além disso, o autor faz referências a teorias econômicas e sociológicas, mostrando sua capacidade de integrar diferentes campos do conhecimento em sua análise.

"Formação Econômica do Brasil" é uma obra fundamental para quem deseja compreender as origens e os desafios da economia brasileira. Com uma linguagem acessível e uma visão crítica, Celso Furtado apresenta uma análise profunda e abrangente da formação econômica do Brasil, mostrando como ela foi influenciada por fatores sociais, políticos e culturais ao longo dos séculos.

Se você é um leitor ávido por conhecimento e está em busca de uma obra que possa ampliar sua visão sobre a economia brasileira, não pode deixar de ler "Formação Econômica do Brasil". Com certeza, você irá se surpreender com a profundidade e a clareza das análises de Celso Furtado.

Você pode buscar seu livro direto na Amazon clicando aqui.

Melhores preços na Amazon

Compre agora na Amazon com os melhores preços