Capa do Livro O mito da caverna - Platão

O mito da caverna - Platão

264 palavras · 2 minutos tempo de leitura Literatura Estrangeira Ficção Científica e Fantasia

Ei! Você também adora ler sempre que pode? Descubra o poder do Kindle!

O Mito da Caverna, escrito por Platão, é um dos principais textos filosóficos de todos os tempos. O mito narra uma história de prisioneiros que estão presos em uma caverna, com os seus olhos e corpos fixos, de forma que eles não podem mover-se e só conseguem ver o que acontece na frente deles. Estes prisioneiros são iluminados por uma fogueira e têm sombras projetadas na parede da caverna. Eles acreditam que o que vêem, as sombras, é a realidade.

Um dia, um dos prisioneiros consegue escapar da caverna e descobre que o que ele havia visto era apenas uma ilusão. Quando voltou para contar aos outros o que havia descoberto, eles não acreditaram nele e pensaram que ele estava louco. Mesmo assim, ele insistiu que eles deveriam sair da caverna e ver a verdadeira realidade.

O mito da caverna é usado como uma metáfora para a filosofia de Platão. Ele acredita que a maioria das pessoas tem uma visão limitada da realidade, pois estão presas na caverna do mundo material. Para alcançar a verdadeira realidade, devemos escapar da caverna e ver o mundo das ideias, onde as verdades universais existem.

O Mito da Caverna é um texto clássico que foi usado como base para inúmeras discussões filosóficas. É um livro profundamente reflexivo e cheio de ensinamentos morais. O livro oferece uma grande quantidade de informações sobre o pensamento de Platão e suas crenças, e mostra como ele vê a natureza da realidade e do conhecimento. É um livro que oferece interessantes ideias para reflexão, e que vale a pena ler e reler.

Você pode buscar seu livro direto na Amazon clicando aqui.

Melhores preços na Amazon

Compre agora na Amazon com os melhores preços